Santos e Arcanjos ‹ Vagner Aniceto

Santos e Arcanjos

Na tradição de fé do devoto brasileiro

O povo brasileiro é formado por diversas raças e etnias. Colonizadores, índios, escravos, invasores e imigrantes que, a cada época, chegavam a nosso solo trazendo suas esperanças, medos e crenças. O Brasil é um país predominantemente católico desde a sua colonização. Os portugueses nos trouxeram seus santos padroeiros e protetores. Católicos também eram os invasores franceses e imigrantes italianos e poloneses que ajudaram a reforçar nossas tradições e festas sacras. Os índios naturais da terra e os escravos negros acabaram assimilando a fé dos colonizadores. Os imigrantes de religião protestante não influenciaram de forma marcante na tradição de fé do devoto brasileiro. Desta forma, de norte a sul do Brasil, as festas católicas tradicionais atraem verdadeiras multidões que procuram reverenciar seus protetores e padroeiros.
Todos os Santos católicos, mesmo Jesus Cristo, passaram por uma vida terrena. Tentei de uma forma plástica transmitir essa mensagem ao observador. As cores pintadas na parte inferior, o verde, os tons de terra e o vermelho, representam a vida terrena: nascimento, paixão, etc. As cores na parte superior, azuis, branco, amarelos claros e outras, representam a elevação do espírito e sua santificação. Sendo descendente de portugueses e italianos, nascido no Rio de Janeiro, é evidente a tendência tropical que produzi no colorido destas obras, procurando também seguir as cores tradicionais apresentadas nas vestes das imagens dos santos escolhidos.
Esta série foi apresentada em 2003 no Museu de Arte de Caraguatatuba – SP, em posteriormente foram realizadas diversas itinerâncias da mostra, com relevância a ocorrida no Santuário de São Judas Tadeu, em São Paulo no mesmo ano.